Tratamentos

Notícias

News Image

O que sucede quando o paciente tem pouco osso na zona desdentada?

Nestas situações devemos ponderar várias possibilidades. A primeira, se entendermos que o nível de invasividade da intervenção tem de ser muito baixo ou requer um protocolo de carga e função imediata, será recorrer a zonas do maxilar ou a áreas ósseas envolventes com maior densidade e disponibilidade óssea para ancorar os implantes.

Esta situação é mais frequente nos pacientes desdentados totais em que se procura realizar a colocação dos “dentes” num só dia. A sua aplicação pode requerer que o aproveitamento do espaço ósseo existente implique a angulação do implante.

Quando a área desejável para colocação dos implantes apresenta uma atrofia muito severa, a regeneração óssea da zona, prévia à colocação dos implantes poderá ser uma imposição clínica. A regeneração óssea deve ser entendida como fazendo parte do processo de reabilitação.

A perda dentária está sempre associada a alterações volumétricas do osso maxilar e da mandíbula. Na zona anterior (estética), a maioria dos casos de perda dentária tem associado um colapso dos tecidos labiais característicos do envelhecimento do sorriso. Recuperar a parte anatómica perdida deve ser entendida como a normalidade neste tipo de intervenção e um dever do médico dentista reabilitador. Apenas desta forma é possível assegurar uma reabilitação estética plena envolvendo a parte dentária e os tecidos que participam na expressão facial e sorriso do paciente.

Definições de Cookies

O Instituto de Implantologia pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários
Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.