Implantologia

Implantologia

A Implantologia é o ramo da Medicina Dentária que inclui procedimentos relacionados com a substituição de dentes perdidos por implantes dentários e atos cirúrgicos associados.


A constante evolução tecnológica dos exames auxiliares de diagnóstico – nomeadamente as técnicas de radiologia 3D – tem permitido que estas substituições por implantes sejam cada vez mais previsíveis, personalizadas e cómodas para os pacientes. A associação a outras técnicas, como os scanners faciais e os moldes digitais, permitem a confeção de guias cirúrgicas, o que também contribui para aumentar a precisão e previsibilidade dos tratamentos.

Queremos que conte com o melhor sorriso logo desde o primeiro dia de tratamento. Dependendo da sua situação clínica, poderá ser indicada a substituição de um ou mais dentes não restauráveis por implantes dentários no mesmo dia. Esta é uma técnica que permite manter a função e a estética dentária, sendo frequentemente indicada em casos que requeiram a substituição de todos os dentes ou dos dentes mais visíveis. A segurança e adequação desta técnica é atestada por diversos estudos, desde a década de 80.

O Instituto de Implantologia® utiliza o sistema Caramês Classification de reabilitação total com implantes, desenvolvido pelo Prof. Doutor João Caramês e aplicado hoje em todo o mundo.

Outras vantagens dos implantes dentários incluem:

  • Manutenção da estrutura óssea e estética facial que se perde com a ausência de dentes;
  • Restituição da capacidade mastigatória e possibilidade de se alimentar sem a preocupação inerente ao facto de não ter dentes naturais;
  • Manutenção da integridade dos dentes vizinhos, uma vez que não são desgastados tal como acontece para a realização de uma ponte sobre dentes;
  • Melhoria substancial na confiança e segurança dadas pelos dentes naturais, proporcionando ao paciente uma melhor auto-estima, sem qualquer inibição social.


 

DENTES IMEDIATOS

A colocação de implantes na chamada “carga imediata” é uma prática frequentemente utilizada desde o seu desenvolvimento na década de 80, tendo sido desde então validada por inúmeros estudos clínicos que atestam a sua segurança e previsibilidade de resultados.

 

Esta técnica consiste na colocação de implantes e dentes em acrílico (reabilitação provisória) no mesmo dia, restituindo ou mantendo, desta forma, a função e estética desde o primeiro dia e ao longo do tratamento, estando frequentemente indicado em casos que necessitem da substituição de todos os dentes ou, de forma individual, dos dentes mais visíveis como os incisivos.

 

A experiência e o conhecimento desenvolvido ao longo de mais de 20 anos na área de Implantologia com mais de 50 mil implantes colocados, permitiu ao nosso diretor, Prof. Doutor João Caramês, desenvolver um sistema para reabilitação total com implantes (Caramês Classification) a qual é focada nas características individuais de cada paciente e utilizada em todo o mundo.


FASES DO TRATAMENTO

Do planeamento à manutenção diária, descubra como vai evoluir o seu tratamento com implantes dentários:

  • Fase de Planeamento - Com tecnologias de radiologia e planeamento digitais, o seu médico consegue avaliar e orientar a colocação do implante antes da cirurgia. Desta forma, o tratamento é feito com um maior nível de personalização e melhores resultados.
  • Cirurgia - Esta é a fase em que o seu implante é colocado. Em simultâneo, poderão ser necessários outros procedimentos, como extrações dentárias ou regenerações ósseas, que contribuam para o posicionamento ideal do implante.
  • Fase de Reabilitação - São feitos os moldes que permitem ao laboratório do Instituto de Implantologia® fabricar os dentes suportados pelos implantes já colocados. As reabilitações são feitas de forma totalmente personalizada, pelo que são necessárias, no mínimo, duas consultas nesta fase.
  • Fase de Manutenção - Os materiais usados nas reabilitações com implantes são de longa duração. Mesmo assim, para que o seu tratamento seja duradouro, é fundamental que, no dia a dia, assegure os níveis mínimos de higiene oral.

Fase 1

1. PLANEAMENTO

A reabilitação oral com implantes começa no planeamento

Fase 2

2. CIRURGIA

A cirurgia para colocação de implantes é realizada em bloco operatório próprio

Fase 3

3. REABILITAÇÃO PROTÉTICA

A reabilitação definitiva é feita após a total cicatrização óssea em torno dos implantes

Fase 4

4. MANUTENÇÃO

Uma higiene oral deficiente poderá comprometer o sucesso da reabilitação


    Para Saber Mais...                                                       

O que são implantes dentários?
Os implantes dentários são dispositivos médicos fabricados numa liga de titânio ou zircónia. Ao serem colocados no osso da maxila ou mandíbula, substituem as raízes de dentes perdidos, servindo de fundação a coroas e pontes.

Quais as vantagens dos Implantes Dentários?
Além de permitirem restituir uma dentição fixa, os implantes contribuem para manter a estrutura óssea e a estética da face (que, sem dentição, se deteriora progressivamente), restituir a capacidade e eficácia ao mastigar, preservar a integridade dos dentes vizinhos (sem desgaste, tal como acontece quando se realizam pontes) e uma melhoria da autoestima.

 

FAQ


CASOS CLÍNICOS

© 2021 Instituto de Implantologia. Todos os direitos reservados.
Scroll para
ver mais