Guia de Saúde

Filtros

Tenho falta de vários dentes anteriores

Em situações em que vários dentes estão ausentes, uma ponte fixa implanto-suportada apresenta-se como a opção de tratamento mais indicada, com excelentes resultados de ordem funcional e estética.

O recurso a implantes dentários reduz significativamente a reabsorção óssea associada à perda de dentes, o que neste caso concreto poderá levar à perda de suporte do lábio e a um aspecto de envelhecimento precoce.

Nestas situações, podem ser consideradas outras hipóteses de tratamento:

PONTE FIXA CERÂMICA

Constitui uma boa solução estética e funcional. No entanto, em casos de perda de muitos dentes, ou quando os dentes adjacentes não oferecem suporte suficiente, esta solução não pode ser considerada.

PRÓTESE REMOVÍVEL

É uma solução mais simples e económica para reabilitar o espaço deixado pelos dentes perdidos, apresentando no entanto muitas desvantagens face à reabilitação fixa. Entre outras, implica a utilização de ganchos metálicos inestéticos, é mais volumosa e leva a alterações a nível da fala e mastigação.

Tenho falta de vários dentes posteriores

Os dentes posteriores (molares e pré-molares) são fundamentais no equilíbrio do sistema mastigatório. A sua ausência leva a graves deficiências na mastigação de alimentos (o que poderá desencadear distúrbios gastrointestinais), implicando também uma sobrecarga não fisiológica sobre os restantes dentes. A falta de dentes posteriores poderá ainda ser responsável por problemas articulares.

Em situações em que vários dentes posteriores estão ausentes, uma ponte fixa implanto-suportada apresenta-se como a opção de tratamento mais indicada, com excelentes resultados de ordem funcional e estética. Quando há perda de todos os dentes posteriores, esta apresenta-se como a única solução viável de reabilitação fixa.

Nestas situações, poderão ser consideradas outras hipóteses de tratamento:

PONTE FIXA CERÂMICA

Constitui uma boa solução estética e funcional. Em casos de perda de muitos dentes, ou quando os dentes adjacentes não oferecem suporte suficiente, esta solução não pode ser considerada.

PRÓTESE REMOVÍVEL

É uma solução mais simples e económica para reabilitar o espaço deixado pelos dentes perdidos apresentando no entanto, muitas desvantagens face à reabilitação fixa. Entre outras, implica a utilização de ganchos metálicos inestéticos, é mais volumosa e leva a alterações a nível da fala e mastigação.

Terapia da fala: odontopediatria

O terapeuta da fala realiza o diagnóstico precoce e tratamento atempado de diversas perturbações das funções do sistema estomatognático, como por exemplo a sucção, mastigação, deglutição, respiração e fonação.

Terapia da fala: ortodontia

O trabalho diferenciado do terapeuta da fala em parceria com o ortodontista pretende alcançar, junto de pessoas de qualquer faixa etária e no menor tempo possível, resultados estéticos e funcionais estáveis, evitando que os dentes retomem a posição que tinham antes do tratamento com os aparelhos ortodônticos.

Uma mãe pode transmitir uma cárie ao seu filho?

Uma mulher grávida também pode ir ao dentista?

Os tratamentos dentários devem ser adiados numa mulher grávida, sobretudo no primeiro e terceiro trimestres de gravidez, salvo se se tratar de uma situação de urgência. Tal situação justifica-se não apenas devido ao feto, mas também pelo desconforto causado à mãe pela posição durante a consulta.

No caso de ser necessário uma intervenção do dentista em qualquer altura da gravidez, há procedimentos e medicamentos que se encontram devidamente comprovados pela evidência científica como sendo seguros.

Existem inclusivamente determinados tipos de anestesia que são seguras quer para a mãe, quer para o feto, e que podem ser utilizadas sem risco para ambos.

Usar chupeta danifica os dentes?

Se o hábito da chupeta for retirado até aos 3 anos de idade, as alterações que possam ter ocorrido na cavidade oral são maioritariamente corrigidas sem necessidade de tratamento. Durante o uso da chupeta nunca se deve adicionar açúcar ou mel na própria.